31 de janeiro de 2017

Summer Love - parte 5
31 janeiro

Summer Love - parte 5



Como era óbvio, naquela manhã,  tinha acordado com uma ressaca do pior, umas dores de cabeça que não acabavam, estava um caco. Não me recordava muito bem da noite anterior. 

Carla: Alice? Alice?

Ouvi a Carla a gritar do inicio das escadas. Levantei-me e senti-me muito tonta.

Alice (eu): Credo, estou aqui!

Carla: Aposto que estás com uma ressaca de todo o tamanho! Lembras-te de alguma coisa da noite de ontem?

Alice (eu): Na verdade, não...

Carla: Ai amiga amiga, vou ter de te contar tudo estou a ver...

A Carla lá me detalhou tudo, tim-tim por tim-tim, naquele momento fiquei chocada. Como é que me tinha comportado como uma oferecida com o rapaz? E porque é que o Francisco ficou tão aborrecido comigo? A Carla achava que era, pelo facto, de eu estar a fazer figura de parva e o Francisco me ter "defendido" do rapaz, que se estava a aproveitar de mim, e eu lhe ter falado mal por isso.  Não pensei em mais nada e tentei ligar logo ao Francisco, precisava mesmo de me desculpar. Tentativa falhada, o Francisco não me atendeu.

Alice (eu): Será que ele ainda está chateado?

Carla: Não sei, pode até nem estar com o telemóvel perto dele. Tentas mais tarde.
    
***

Dormia profundamente, naquela tarde, estava exausta da noite anterior.
Acabei por ser interrompida pelo telefone, que tocava dando sinal de chamada.

Alice (eu): Sim?

Francisco: Ligaste-me...

Alice (eu): Ahh, Francisco!!!

Francisco:Sim! Quem mais haveria de ser?

Alice (eu): A Carla contou-me tudo sobre a noite de ontem...

Francisco: E então??

Alice (eu): Ai Francisco...deixa de ser arrogante!!

Francisco: Arrogante? Arrogante foste tu comigo ontem, quando tentei evitar que fizesses mais figuras parvas!!!

Alice (eu): Desculpa! Sabes que não estava em mim...

Francisco: Óbvio que não estavas, parecias uma oferecida, estavas a deixá-lo abusar de ti. Não sei, mas pareceu que estavas a gostar bastante.

Alice (eu): Pára!!! Já te pedi desculpa, importas-te de deixar de ser um estúpido?!

Francisco: olha eu agora não posso estar a falar, depois falamos, tchau.

E desligou.me o telefone na cara. Fiquei furiosa com ele,naquele dia. Hoje, até sinto saudades das nossas discussões por tudo e mais alguma coisa. Por mais tempo que passe, vou sempre sentir saudades de tudo.
  








8 comentários:

  1. Gostei muito do teu cantinho, mal tenha tenho livre, venho aqui ler :)

    ResponderEliminar
  2. Óleo de côco, por acaso, nunca experimentei, mas a manteiga de cacau também é boa nesse sentido :P

    Minha querida, sentir saudades é legítimo e não é mau de todo :) Se analisarmos bem o texto, tu sentes saudades mas, ao mesmo tempo, sentes que o que ele fez não foi o certo! No final de contas, consegues contrabalançar e isso é o mais importante :)

    NEW REVIEW POST | Sea Greece: Gel and Scrub – Organic Product to Know.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. já ouvi falar muito bem dessa manteiga, tenho de experimentar :p

      Eliminar
  3. Há momentos em que só fazemos asneiras e é bom termos amigos assim.

    És uma querida, segui de volta.

    ResponderEliminar
  4. As saudades significam que as memórias que guardamos são boas e os momentos passados ainda melhores!
    Acabei de conhecer o teu blogue e adorei! Vou voltar mais vezes :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ainda bem que adoras-te e és sempre bem-vinda! :)

      Eliminar